Como Importar Produtos da China? (APRENDA!!)

Como comprar produtos da china?
Quem trabalha com E-comarcce ou apenas evita comprar produtos no Brasil, pelo alto preço praticado no país, sabe que os dois melhores lugares para importar produtos, sejam eles de qual tipo for é a China e os Estados Unidos, sendo que os produtos chineses são mais baratos.
Por isso, esse texto vai ensinar vocês, como comprar produtos da China, dessa maneira, você vai economizar um bom dinheiro em um celular novo e pode lucrar revendendo as tecnologias chinesas, só é preciso prestar atenção com alguns detalhes, como vai ser explicado ao longo do texto, então, acompanhem comigo e encomendem alguns produtos chineses.

Produtos de qualidade

É necessário explicar, que apesar dos produtos chineses serem baratos, eles não são necessariamente falso, a China cresceu muito economicamente e hoje atrai empresas como Apple, Sony e Nike, fabricando seus produtos lá. Isso acontece pela mão de obra extremamente barata que a China oferece, apesar das denúncias que o país sofre por oferecer condições péssimas de trabalho, inclusive com suspeitas de mal tratos e ameaças. Enfim, apesar desses problemas, os produtos chineses são de qualidade, somente sendo necessário saber por onde importar, as taxas cobradas e ficar de olho no preço do frete.
Produtos Chineses de qualidade

Sites confiáveis

Sites confiaveis
A primeira atitude de quem quer importar produtos da China deve tomar é escolher sites confiáveis, os quais, entreguem produtos no prazo estabelecido e não tenham denúncias de furos de entrega ou outros problemas. Por isso, antes de fazer qualquer importação, é necessário estudar a fundo qual o melhor site para comprar esse produto, os prazos que o site oferece e as condições que o produto chega a suas mãos, pois, não adianta nada pagar por um produto barato, se ele chega quebrado ou com más condições de uso, senão, vai ser dinheiro jogado fora de qualquer maneira. Por isso, vá encomendando um produto de cada site, até conseguir achar aquele que seja confiável e que cumpra com os requisitos prometidos, como um prazo de entrega e o preço do frete. Existem inclusive, devido a relação Brasil-China, sites que entregam produtos de graça, apenas pagando o preço da mercadoria, é bom ficar de olho nessas ofertas, as quais, podem ser extremamente vantajosas.

Não banque o malandro

Um conselho que tem que ser dado, é que a fiscalização com produtos importados vem sendo cada dia maior, por isso, é difícil algum produto chegar as suas mãos sem ser taxado e se caso você tente burlar a Alfândega e a sua mercadoria for aberta, você sofre duas punições. Uma é a multa que você terá que pagar para retirar o seu item, que vai ser confiscado e a outra é que mesmo depois do pagamento, ele demora alguns dias para ser liberado, por isso, não banque o malandro e preencha corretamente a ficha indicado quais itens estão sendo importados e quais os preços pagos, assim, caso ele seja fiscalizado, você somente terá que pagar o imposto devido, sem multas e sem apreensão da mercadoria.
Burlar Alfândega

Fornecedores confiáveis

Fornecedores confiáveis
Além de comprar mercadorias direto dos sites chineses, você pode conhecer algum fornecedor, o qual, tem mande o produto para o Brasil, sendo ainda mais barato do que os sites e mais confiável, já que, você conhece a pessoa que está fazendo a entrega e sabe que ela não vai te sacanear. Por isso, caso tenha, por alguma coincidência, alguém que esteja trabalhando na China ou morando lá, peça para essa pessoa te enviar o item, que ele vai sair mais barato e chegará mais rápido do que os sites chineses.

Taxas alfandegárias brasileiras

O ato de importar produtos, como tudo no Brasil, tem imposto, por isso, deve-se atentar a essa situação, antes de sair comprando produtos da China, tem que ver se vale a pena mesmo com a taxa, para não sair no prejuízo depois. É sempre fundamental a lembrança de que o limite máximo de gasto, permitido pela lei brasileira de importações é de 3000 mil dólares, nos quais, serão acrescentados 60% do valor do produto, mais taxa de entrega. Por isso, é necessário pensar bem o que se vai comprar, para evitar de sair no prejuízo e como diz o ditado “barato sai caro”. Por isso, faça as contas e veja se vale a pena mesmo importar, pois, dependendo do preço do item, acaba sendo mais simples, rápido e barato compra-lo no Brasil mesmo. Só ressaltando que alguns produtos estão isentos de taxas, tais como: Jornais, livros, medicamentos liberados pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e softwares, não são taxados, penas que ninguém queria comprar livros e jornais chineses, já pensou tentar ler aquelas letrinhas, que sufoco que ia ser.
Taxas alfandegárias brasileiras

Quer Aprender mais Dicas de Como Importar Produtos Da China?

Clique Aqui e Saiba como ser um Importador Profissional

E vocês? Já importaram algo da China? Como foi, tiveram alguma dificuldade? Deixem seus comentários abaixo e participem do post.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como Importar Produtos da China? (APRENDA!!)
5 (100%) 5 votes