Descubra os Segredos da Importação de Produtos (LEIA!)

É comum vermos alguém que deseja abrir um negócio, mas não tem muito dinheiro para investir nem tem ideia do que fazer. Mas, um dos melhores mercados para se trabalhar hoje por ser fácil, seguro e barato é o de importação, negócio que pode tanto ser apenas uma renda extra, ou mesmo o verdadeiro sustento da sua família.

Vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre esse ramo de negócio para que entenda porque ele pode ser tão simples e lucrativo. Meu objetivo aqui é abrir seus olhos para um novo mercado.

Importar para revender

Por que importar para revender?

Essa é uma questão bastante simples de ser respondida para você. Produtos importados no Brasil custam muito caro e as pessoas tem grande interesse, portanto se você começar a importar e revender você poderá ter produtos com lucros de até 200%, se importado dos EUA, por exemplo. Se contarmos da China o valor pode chegar a 400%.

Tudo isso ainda revendendo a preços mais baixos do que os que normalmente são vendidos por aqui, o que vai te garantir altos lucros e uma clientela quase que garantida.

Formas de importar

Existem exatamente três formas de importar quando o objetivo é revender. A primeira delas é utilizar uma empresa de Trading como intermediária no processo, que nesse caso cobre uma porcentagem em cima do valor da compra. Os sites de empresas de Trading mais conhecidos no Brasil são: abptrade.com.br, oceantrading.com.br, cisatrading.com.br e sfe.com.br.

A segunda forma de importação é pelo desembaraço aduaneiro, mas neste caso o imposto cobrado varia do produto que está comprando e pode ser entre 8% a 100%, além de a empresa precisar estar cadastrada no radar ou terceirizar o serviço.

Por último, a forma mais popular de todas hoje, que é o dropship. Ela é a mais conhecida e utilizada, mas existem alguns riscos para o cliente e para o vendedor quando a importação é feita neste modelo.

Formas de importar

Passos para entrar no mercado de importação

Passo #1 – Escolha o produto certo:

Para começar a entrar nesse negócio é bom começar com produtos mais baratos, mas que vendem muito. Perceba também qual é seu maior público e a partir das características dele veja quais produtos são os preferidos.

Passo #2 – Encontre os melhores fornecedores:

Ter um bom fornecedor é essencial. Você não pode, por culpa de um mau fornecedor, ter clientes reclamando da qualidade dos produtos. Seu profissionalismo é muito importante, e bons produtos criam uma boa reputação. Para encontrar os melhores fornecedores você pode fazer pequenas compras em diversas lojas, e dessa forma você vai testar tanto o preço quanto o tempo de entrega. Se conhecer algum amigo que importe pergunte a ele sobre as lojas que já conhece, ou então participe de fóruns e grupos de importação.

Passo #3 - Faça um estoque:

Sabemos que muitos produtos são caros demais para ter um grande estoque, mas vendendo produtos baratos e com boa aceitação você poderá fazer um bom estoque e atender seus clientes mais rapidamente.

Passo #4 – Revenda da forma correta:

Saiba que não existe mais aquilo de sair por aí batendo de porta em porta para revender seus produtos. Para revender, utilize a internet, onde você pode anunciar em sites como OLX, Mercado Livre, entre outros. Esses sites também te ajudarão, pois eles oferecem várias formas de pagamento, facilitando para seu cliente e para você.

Pela internet você poderá alcançar todo o país, podendo revender para pessoas de qualquer estado ou cidade, já se você fosse vender de porta em porta, atingiria no máximo um bairro, não é mesmo?

Passo #5 - Faça um controle dos investimentos, vendas e lucros:

Primeiro de tudo é importante ter uma meta de vendas todo mês, e claro fazer de tudo para que ela seja batida. Coloque todos os seus gastos e vendas em uma planilha do Excel, dessa forma você poderá ver seu lucro automaticamente sem ter que ficar fazendo contas.

Cobrando o preço certo

É importante cobrar, em geral, cerca de 20% a menos do que o preço desses produtos aqui no Brasil. Desta forma, você poderá ter cerca de 100% de lucro, mesmo pagando os impostos alfandegários. Caso você importe produtos da China, essa margem de lucro pode subir de 200% a 300%. Maravilha, né?

Caminho para a importação

Tudo depende de você

Seguindo esses passos e sendo determinado seu negócio pode e irá decolar. Não se desespere logo nos primeiros meses se o retorno não for muito grande, mas isso é normal e não deve ser motivo para desistir. Oferecendo bons produtos com bons preços seu negócio logo vai dar certo.

Saiba exatamente quanto dinheiro você pode investir no começo, não dê um passo maior que a perna, e dessa forma você estará indo no caminho certo. Revenda os produtos mais caros para amigos e conhecidos e os mais baratos pela internet. Dessa forma você com certeza conseguirá uma boa renda extra e, com o tempo, esse pode virar o principal sustento de sua família.

Gostou das Dicas? Quer Conhecer os Segredos da Importação?

Clique Aqui e Descubra Os Segredos dos Lojistasl!!
Descubra os Segredos da Importação de Produtos (LEIA!)
5 (100%) 34 votes